Japão quer atrair 350 mil trabalhadores estrangeiros