Cultivares de soja da Embrapa surpreendem em produtividade em Rondônia

As cultivares de soja desenvolvidas pela Embrapa conquistaram bons resultados na avaliação da safra 2013/2014 nas Unidades Demonstrativas (UDs), distribuídas em cinco municípios de Rondônia. Todas as cultivares de soja testadas obtiveram rendimento por área igual ou superior à média estadual, que é de 53 sacas por hectare e com materiais que atingiram rendimento de até 74 sacas por hectare.

"Isso demonstra que a Embrapa possui cultivares convencionais e transgênicas com diferentes características e pode atender as demandas dos produtores de Rondônia, apresentando alta produtividade. Estes resultados indicam também o potencial do cultivo do grão no estado", conclui o pesquisador da Embrapa Soja, que atua no estado, Rodrigo Brogin.

Os resultados do Programa de Promoção de Cultivares de Soja da Embrapa em Rondônia surpreenderam parceiros, produtores, técnicos e empresários ligados à cultura que participaram da Reunião Técnica da Soja, que ocorreu no dia 10 de junho de 2014 em Vilhena (RO). "Com estes resultados, temos a certeza de que contamos com materiais muito competitivos e agora é preciso mostrar os resultados aos produtores e fazer com que as cultivares da soja cheguem até os sojicultores", afirma gerente comercial da Sementes Ouro Verde, Luciano Almeida.

Durante o evento também foram discutidas demandas tecnológicas para a cultura da soja no noroeste do Brasil e propostas de ação para os trabalhos a serem realizados com o grão em 2015. "É importante alinhar as ações junto aos parceiros para que o Programa possa atender às demandas dos sojicultores do estado e nos mantermos competitivos no mercado. Hoje, para um produtor quer cultivar soja em Rondônia, a Embrapa já pode recomendar materiais que foram testados e facilitar a aquisição a eles por meio de parceiros", explica o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa, Samuel Oliveira.

De acordo com o levantamento de maio de 2014 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na safra 2013/2014 a área de plantio de soja em Rondônia foi de 192 mil hectares, um aumento de 14% quando comparada à safra anterior. Quanto à produção, foram 610 mil toneladas, com 13% de aumento referente à safra anterior. "Tivemos dificuldades na safra da soja este ano em Rondônia em função das chuvas no período da colheita e também com as enchentes que atingiram o porto de Porto Velho, atrapalhando a escoamento da produção. Mas, ainda assim, tivemos uma boa produção e tudo indica que este cenário também favoreceu a produção de milho de segunda safra, que deve ter alta produção este ano em Vilhena e em todo o estado", explica o pesquisador da Embrapa, Vicente Godinho.

Avaliação e resultados

Por meio do Programa de Soja da Embrapa foram implantadas Unidades Demonstrativas de cultivares de soja convencional e transgênica em cinco municípios de Rondônia: Vilhena, Cerejeiras, Castanheiras, Ariquemes e Porto Velho, abrangendo quase todas as regiões potenciais para o grão no estado. As UDs foram compostas por dez cultivares convencionais e oito transgênicas RR desenvolvidas pela Embrapa e outras cinco cultivares desenvolvidas por outras empresas, que serviram como padrões comparativos.

Para que a sociedade, especialmente produtores, técnicos, empresários do agronegócio e estudantes, pudessem ter acesso a estas tecnologias, a Embrapa realizou, de fevereiro a março de 2014, dias de campo em todas as UDs e contou com cerca de 600 participantes. Durante estes eventos o público pode ver de perto as diferentes cultivares de soja desenvolvidas pela Embrapa e mais adaptadas a cada região de Rondônia, assim como informações sobre o manejo da cultura e o controle de pragas e doenças.

Este ano a novidade foi que, além de cultivares de soja convencional, foram apresentadas variedades transgênicas, acompanhando a mudança de cenário da produção de soja em Rondônia, que apresenta aumento significativo de plantio de soja transgênica.

As cultivares convencionais mais produtivas nas cinco UDs avaliadas foram: BRS 313 [Tieta]; BRS 8183; e a BRSMG68 [Vencedora]. Já as transgênicas foram: BRSMG 850G RR, BRS 8180 RR, BRS 8280 RR e BRSMG 760S RR.

Parcerias

O Programa de Soja da Embrapa em Rondônia conta com o apoio e colaboração dos seguintes parceiros: FMC Agrícola, Central Agrícola, Sementes Quati, Sementes Ouro Verde, Fazenda Maia (Castanheiras), Fazenda Zenati (Cerejeiras), Instituto Federal de Rondônia (Ifro — Ariquemes), Fundação Cerrados, Fundação Triângulo, Epamig, CTPA/Emater-GO, Fundação Bahia, Sol Campo Representações, Sementes Boa Safra, JH Sementes, Prefeitura Municipal de Vilhena, Seagri — RO, Semagric (Porto Velho), Coodeagri, Cdia Agronegócios, Abrange e Aprosoja.

Fonte: Embrapa Rondônia
Renata Silva EKélem Cabral – jORNALISTAS
Telefone: (69) 3901-2511