Banco genético de plantas

A intenção é nobre: garantir segurança alimentar e a preservação de plantas e animais. Nos últimos meses, o Brasil ampliou o banco genético que guarda milhares de sementes de espécies nativas cultivadas no país. Administrado pela Embrapa, o banco funciona em Brasília e também garante a guarda de material genético animal. No centro também são desenvolvidas pesquisas de melhoramento genético que têm como desafio a produção de sementes resistentes a pragas. Nesta edição, o programa Momento Ambiental mostra como funciona o projeto e explica de que forma, essa riqueza pode ser utilizada pela população. Fonte: Momento Ambiental