III Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos: inscrições dão direito a dois minicursos gratuitos

Se você ainda não fez a sua inscrição para o III Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos (III CBRG), que acontece em Santos (SP), no período de 18 a 21 de novembro de 2014, ainda há tempo. Eagora, além de poder usufruir de uma programação científica que conta com a participação de 142 palestrantes, sendo 115 brasileiros e 27 estrangeiros, quem se inscrever terá direito a dois minicursos gratuitos.

A programação de minicursos é bastante ampla e diversificada e conta com temas relacionados a recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos a serem ministrados por cientistas do Brasil e do exterior, incluindo uma especialista em manejo genético para conservação de animais selvagens em cativeiro, do Zoológico de Atlanta, EUA, entre muitos outros. Portanto, corra e faça já a sua inscrição pelo endereço: www.cbrg.net.br/inscricao-on-line.html.

O III Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos (III CBRG) é promovido pela Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos (SBRG), com o apoio da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e da Universidade Estadual Paulista (Unesp), e vai reunir pesquisadores, estudantes e outros profissionais que atuam na área de recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos do Brasil e do exterior.

III CBRG: Programação inclui a apresentação de mais de 700 trabalhos científicos em uma programação interativa e dinâmica

Segundo o presidente da SBRG e pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Marcos Gimenes, os 768 trabalhos científicos que serão apresentados durante o evento e a qualidade dos palestrantes e instrutores vão permitir que os participantes conheçam em detalhes o panorama atual sobre as pesquisas e ações relacionadas à conservação e ao uso sustentável de recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos no Brasil e mundo.

Ele explica que a programação do III CBRG foi elaborada para compreender todas as atividades relacionadas a recursos genéticos, incluindo: coleta, conservação, caracterização, avaliação, documentação e uso em plantas, animais e microrganismos.

Além disso, foi planejada para ser interativa e dinâmica, Por isso, vai contar com três eventos transversais (mesas redondas e palestras) às três áreas e 38 específicos (palestras, painéis, mesas redondas, workshops) a cada uma delas, sendo 12 da área de microrganismos, 12 da área animal e 14 da área vegetal. Também serão realizados seis minicursos, sendo um relacionado a microrganismos, dois a animais e três a vegetais.

Para garantir uma programação de alto nível técnico científico, o III CBRG vai contar com a participação de 142 palestrantes, sendo 115 brasileiros (47 do estado de São Paulo e 68 de outros estados) e 27 estrangeiros. Os brasileiros representam universidades, empresas e institutos de pesquisa agropecuária atuantes na conservação e uso de recursos genéticos no País, como por exemplo: Universidade Estadual Paulista (Unesp); Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq); Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); Universidade de São Paulo (USP); Universidade Federal de Viçosa (UFV); Instituto Agronômico (IAC) de Campinas; Instituto Agronômico do Paraná (Iapar); Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Os palestrantes internacionais pertencem a instituições com ampla experiência em diferentes aspectos relacionados à conservação e uso de recursos genéticos, como: Bioversity International; Smithsonian Conservation Biology Institute (EUA) e o Banco de Sementes do Milênio do Royal Botanic Garden (Reino Unido), entre outras.

Congresso vai divulgar a importância dos recursos genéticos para a sociedade brasileira

O Congresso é realizado a cada dois anos com o objetivo de promover a troca de conhecimentos e experiências nas áreas de recursos genéticos vegetais, animais e de microrganismos. Mas, para Gimenes, é também um foro privilegiado para divulgar a importância dos recursos genéticos para a sociedade brasileira.

Recurso genético é a parte da biodiversidade que apresenta valor real ou potencial para a humanidade. O Brasil é privilegiado em relação a esses recursos, já que a sua biodiversidade compreende 20% de todas as espécies de plantas, animais e microrganismos do planeta, o que representa o maior patrimônio biológico do mundo. Conhecer, conservar e usar corretamente os recursos genéticos é fundamental para garantir a segurança alimentar das gerações atuais e futuras.

O I Congresso foi realizado em Salvador (BA), em 2010, e reuniu mais de 800 pessoas. O II aconteceu em 2012, em Belém (PA), e contou com a apresentação de mais de 600 trabalhos científicos.

Para o terceiro, que acontece em novembro próximo, os organizadores esperam uma participação ainda mais efetiva e interativa. "Para isso, foi disponibilizado um espaço online para que as pessoas participassem diretamente da elaboração da programação científica do evento", explica o presidente da SBRG.

Os recursos genéticos constituem a base da alimentação humana, mas é preciso que a sociedade brasileira entenda melhor o significado dessas pesquisas para que possa se tornar uma aliada na sua conservação e uso sustentável no país. Por isso, a popularização deste tema é um dos principais objetivos do evento, como afirma Gimenes: "é importante que as discussões sobre recursos genéticos extravasem os muros das universidades e das instituições científicas e passem a fazer parte do dia-a-dia dos cidadãos".

Além do site do III Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, mais informações sobre o evento estão disponíveis na página da SBRG e no Facebook.

Fonte: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
Fernanda Diniz – Jornalista
Telefones: (61) 3448-4769 e 3340-3672