Programa de capacitação continuada pode beneficiar 52 mil produtores de todo o Brasil

A Embrapa Gado de Leite iniciou um processo inédito de capacitação continuada com a utilização de uma rede social temática. Com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Diretoria Executiva de Transferência de Tecnologias por meio do DTT a Rede de Pesquisa e Inovação em Leite (REPILeite) será utilizada para um vasto programa que prevê treinamento de 520 técnicos que irão atender 52 mil produtores de leite em todo o Brasil.

A primeira experiência de capacitação continuada via REPILeite ocorreu no dia 11 de outubro de 2014, com o primeiro módulo do tema Gestão da Propriedade Leiteira. Com o uso de uma câmera ligada a um notebook em um local reservado e silencioso, o pesquisador Bruno Campos falou com clareza para mais de 50 técnicos de várias partes do Brasil sobre Boas Práticas Agropecuárias.

Os participantes elogiaram a iniciativa e a qualidade das imagens, do som e da apresentação. No dia 24 de outubro outros temas referente ao módulo terão continuação e a expectativa é levar as informações para mais de 100 participantes. Ao todo, oito temas serão abordados no processo, o próximo será formação e manejo de pastagens, ainda sem data prevista.

De acordo com o assessor de relações institucionais da Embrapa Gado de Leite, Marne Moreira, o processo integra um robusto programa de capacitação elaborado pelo Departamento de Transferência de Tecnologia da Embrapa junto com MDA. "O grande diferencial é a utilização de rede social temática, no caso a REPILeite, para o trabalho de capacitação em larga escala, o que pode ser feito com eficiência e custo baixo", apontou.

Marne explica que a Embrapa Gado de Leite ficou encarregada de atuar na parte de formação dos técnicos do programa da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) referente ao leite (Chamada Leite), que faz parte do Plano de Inovação da Agricultura Familiar, que por sua vez integra o Plano Agrícola e Pecuário, lançado em 2013 pelo Governo Brasileiro. Ele reforça que os 520 extensionistas capacitados deverão criar, no total, quase duas mil unidaFONTEdes demonstrativas.

Os cursos acontecem no grupo denominado Chamada Leite, criado dentro da REPILeite, onde as empresas, cooperativas de técnicos contratadas se inscrevem para participar. O material utilizado nas palestras e aulas ficam disponíveis na REPILEite para consultas posteriores, assim como as gravações das próprias palestras.

"O sistema de treinamento em rede possibilita maior integração, participação em fóruns e constante nivelamento de informação", ressalta Marne, acreditando que a transferência de tecnologia em pecuária de leite está entrando em uma nova e importante era com esse programa.

Fonte: Embrapa Gado de Leite
Marcos La Falce – Jornalista
Telefone: (32) 3311 7495