Anatel trabalha em aplicativo para usuários enviarem queixas ao SMP

Como parte da estratégia para trabalhar a aferição de qualidade dos serviços móveis, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está trabalhando em um novo sistema via aplicativo pelo qual o usuário poderá interagir com a agência para comunicar queixas no serviço móvel pessoal (SMP), passando dados com base em localização via GPS.

Segundo afirmou o presidente da Anatel, João Rezende, técnicos estão trabalhando para ter a plataforma pronta em quatro ou cinco meses. "Vamos lançar outro aplicativo que permite ao usuário mandar a deficiência do serviço prestado. Como temos mapeamento de rede, vamos saber se a ERB (estação radiobase) está congestionada ou não", declarou ele durante discurso no seminário ABDTIC 2014.

Segundo o conselheiro Rodrigo Zerbone, no entanto, a ideia é atualizar o aplicativo existente, o Anatel Serviço Móvel – disponível para Android e iOS -, que já traz o monitoramento de rede, com número de ERBs por localização, discriminação de tecnologia (2G, 3G ou 4G) e indicadores de qualidade (porcentagem de acesso e queda em ranking por dados e por voz). "A ideia é fazer tudo no mesmo app", confirma.

Com isso, a agência enriqueceria as informações para o usuário consultar. "O Centro de Acompanhamento (de Infraestrutura Críticas e Desempenho de Redes, em Brasília) também é um insumo para a gente conseguir dados no app futuramente. Vamos dar mais informação para que o consumidor possa fazer uma escolha consciente mais baseada na qualidade do serviço, não só no preço", declara. "As pessoas não usam o serviço no Brasil inteiro, é na sua casa, no seu bairro. Por isso, é importante o consumidor avaliar na sua localidade", pontua Zerbone.

Fonte: Mobile Time