Minas apresenta estudos de viabilidade técnica para implantação de oito parques tecnológicos

Araxá, Brumadinho, Diamantina, Lavras, Montes Claros, Alto Paranaíba (Patrocínio e Patos de Minas), São João Del Rei e Teófilo Otoni poderão ganhar um forte instrumento indutor de desenvolvimento social e econômico. O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Vicente Gamarano, presidiu o encontro onde foram apresentados os resultados dos estudos de viabilidade técnica para os parques tecnológicos destas cidades, promovido em parceria com o Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (Centev/UFV). Na oportunidade, o secretário Vicente Gamarano e a superintendente de Inovação Tecnológica, Brenda Alves, receberam o relatório dos resultados, entregue pela diretora executiva do Centev, Adriana Ferreira de Faria.

Instrumentos irradiadores de desenvolvimento econômico e social, os parques tecnológicos compreendem uma área física delimitada, urbanizada de forma a atender a empresas intensivas em tecnologia que se estabelecem próximas de uma universidade com o objetivo de aproveitar a capacidade científica e técnica dos pesquisadores e seus laboratórios. Investimentos de longo prazo, normalmente os parques são geridos por especialistas, cujo principal objetivo é aumentar o bem-estar da comunidade em que se insere, promovendo a cultura de inovação e da competitividade das empresas e instituições baseadas no conhecimento.

De acordo com Vicente Gamarano, os parques tecnológicos fazem parte de um conjunto de política de ações estratégicas da pasta da Ciência e Tecnologia que não se colhem resultados em curto prazo. "É necessário muito investimento e sei que toda a equipe da Sectes plantou as sementes necessárias que serão colhidas no futuro", afirmou Gamarano, completando que somente o investimento na educação será capaz de transformar a sociedade. "Conhecimento adquirido e guardado para si não tem o mesmo valor quando compartilhado. Eos Parques Tecnológicos proporcionam esta troca de conhecimento para uma sociedade melhor".

Presente na reunião, Narcio Rodrigues afirmou que, quando ocupava o cargo de secretário da Sectes, sempre se empenhou para o desenvolvimento dos parques tecnológicos. "O Governo de Minas fechou um compromisso com essas iniciativas e sei que firmamos um ponto de partida importante para a consolidação desses parques. Este documento apresentado hoje é um resultado de trabalho da Secretaria que gostaria de vê-lo desdobrando", disse.

Fonte: Agência Minas