Documentário sobre os malefícios dos agrotóxicos estreia amanhã na TV Brasil

Ao longo dos últimos 30 anos, câncer, doenças neurológicas, diabetes e disfunções reprodutivas cresceram muito. Como explicar esta epidemia preocupante, que afeta particularmente os países ditos “desenvolvidos”? É esta a premissa de “Nosso Veneno Cotidiano”, documentário da jornalista francesa Marie-Monique Robin que a TV Brasil apresenta a partir de amanhã (21/01/15), às 22 horas, em dois episódios no formato de telefilme.

Nesta primeira parte da produção, a diretora mostra os resultados de uma investigação de dois anos na América do Norte, Ásia e Europa. Com base em inúmeros estudos científicos, e também nos depoimentos de representantes de agências reguladoras, como a Food and Drug Administration (FDA) e a Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (AESA), Marie-Monique Robin descobriu que a principal causa da epidemia são os fatores ambientais.

A jornalista busca descobrir através dessas pesquisas quais são as consequências no organismo humano de uma agricultura viciada nos fitossanitários e de uma indústria alimentar ligada aos aditivos químicos

O documentário “Nosso Veneno Cotidiano” (2010) é o segundo filme da trilogia realizada por Marie-Monique Robin sobre contaminação alimentar que começou em 2008 com “O mundo segundo Monsanto”, sobre a gigante agroquímica americana Monsanto, e terminou com o longa “As Colheitas do Futuro” (2012), exibido pela TV Brasil no início deste ano, também em dois episódios.

Serviço

Documentário — Nosso Veneno Cotidiano
Estreia dia 21 de janeiro, às 22h, na TV Brasil

FONTE: Agência Brasil