USDA confirma caso de gripe aviária em granja de perus

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) confirmou no dia 25 de janeiro de 2015 a presença de gripe aviária em uma granja de perus em Stanislaus County, na Califórnia. O caso é o primeiro encontrado em um estabelecimento comercial após o vírus H5N8 ter se manifestado em patos selvagens em dezembro de 2014.

Até agora, nenhum caso em humanos foi diagnosticado nos Estados Unidos e Canadá, mas continua a ser uma preocupação. Segundo o Departamento, é preocupante mas não há necessidade de pânico.

Testes foram feitos no rebanho quando houve crescimento da mortalidade dos animais na granja. Logo após a confirmação no laboratório da California Animal Helth e Food Service, os animais foram colocados em quarentena.

“O vírus H5N8 não mostrou ser um risco à saúde pública. Como um lembrete, o cozimento de ovos a uma temperatura interna de 165 ºF (74ºC) mata as bactérias e vírus”, informa o USDA. No comunicado, também aconselharam as pessoas a não ter contato com animais selvagens.

Os órgãos federais e estaduais já estão trabalhando em um plano de ação para fazer novos testes do vírus na região. “Os EUA têm o maior programa de vigilância de gripe aviária do mundo, e o USDA está trabalhando com seus parceiros para procurar a doença em comércios, mercados de aves vivas e população de aves selvagens migratórias”, disse o órgão em comunicado.

A Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) vai ser notificada para tentar minimizar os prejuízos do setor.

FONTE: Revista Globo Rural