MP acusa secretaria de Meio Ambiente de mudar mapas de proteção ambiental em SP

Clique na imagem para ver este vídeo

A polêmica envolve a várzea do rio Tietê, que corta diversas cidades da região Metropolitana de São Paulo. O Ministério Público abriu um inquérito contra o secretário do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e mais duas funcionárias da pasta. O objetivo é apurar medidas que supostamente favorecem indústrias e mineradoras. De acordo com a investigação, a Federação das Industriais do Estado de São Paulo, teria pressionado a secretaria para alterar os mapas. No total, seis foram modificados.

FONTE: Jornal da Record

Sua opinião é importante