Castrolanda amplia capacidade de processamento de dados

Da Redação


Cooperativa paranaense aumenta em quatro vezes sua performance com novo servidor

Com faturamento de R$ 440 milhões em 2003, a cooperativa Castrolanda está substituindo seu servidor a fim de aumentar sua performance no processamento de informações. A empresa anunciou a aquisição de um aparelho dotado com a nova geração do processador Itanium. O Itanium será utilizado na produção para o banco de dados Oracle 9i, em que 200 usuários transacionam informações para mais de 30 sistemas e 4500 programas desenvolvidos internamente, totalmente integrados e com atualização em tempo real.
O equipamento adquirido é um servidor HP Integrity Modelo rx2600, configurado com dois processadores Itanium de 1.3 GHz, 8 GB de memória RAM, 220 GB de armazenamento interno, unidade para backup Ultrium 400GB e software de espelhamento Mirror Disk. Ele substitui um servidor HP PA 9000 RISC, Modelo L2000, com quatro processadores. O coordenador de informática da Castrolanda, Diolando Rinaldi, explica que a mudança “é estratégica quanto à independência de sistema operacional e de excelente custo-benefício para a empresa”. Por motivo de segurança, a cooperativa optou por manter seu ambiente de sistema operacional – o HP/UX 11i.

A cooperativa Agropecuária Castrolanda tem como principais produtos soja, milho, batata, leite e suínos. A empresa conta com 309 funcionários e atende a cerca de 30 municípios, tendo estruturas físicas, no Estado do Paraná, em Castro, Ponta Grossa, Piraí do Sul e Curiúva e, no Estado de São Paulo, em Itaberá e Louveira.

Revista Agrinova – 15/06/2004
http://www.agrinovaweb.com.br

Compartilhe esta postagem nas redes sociais