Empresas que atuam dentro de um modelo de negócios financeira, ambiental e socialmente sustentável e que promovam a inclusão de pessoas de baixa renda ou em situação vulnerável, seja como fornecedores, distribuidores, varejistas ou clientes, poderão mostrar suas experiências em uma plataforma virtual lançada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com o Sebrae e outras instituições.

Chamado de Iniciativa Incluir, o projeto vai reunir e divulgar ideias inovadoras. Para identificar esses casos, a primeira ação é um concurso, que receberá inscrições gratuitas pela internet – www.iniciativaincluir.org.br – até o dia 12 de outubro de 2014.

Um comitê selecionará as empresas, instituições ou escolas de negócios, por meio dos formulários que deverão ser preenchidos, para receberem consultoria técnica. Em seguida, as experiências serão publicadas em um relatório, que terá divulgação no Brasil e na rede de escritórios do PNUD, presente em mais de 170 países e territórios para que esses modelos de negócios sejam replicados em outros lugares.

Serão levados em conta vários critérios, como a viabilidade econômica do negócio, a distribuição geográfica, o número de pessoas atingidas pelas ações inclusivas e o tamanho das empresas participantes.

Os selecionados também poderão acessar a plataforma Incluir, que promoverá troca de conhecimentos, networking e oportunidades de parceria.

Além do Sebrae, participam da parceria a Confederação Nacional da Indústria (CNI), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Fundação Dom Cabral, Rede Brasileira do Pacto Global, Princípios para a Educação Executiva Responsável (PRME), Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE) e Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

As inscrições devem ser feitas exclusivamente online por meio do site www.iniciativaincluir.org.br.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias
Luciana Barbo – Jornalista
Telefone: (61) 3243-7851

Compartilhe esta postagem nas redes sociais