Levantamento preliminar da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) indica que a bancada ruralista na Câmara dos Deputados saiu fortalecida do último pleito eleitoral (05/10/14). Segundo o estudo, 263 dos 513 deputados federais eleitos (51%) estão ligados ao setor. Desse total, 139 (27%) já são membros da frente parlamentar e foram reeleitos; e 124 (24%) são novos deputados ligados à agropecuária.

No estudo da frente parlamentar, foram utilizados parâmetros e características dos eleitos a deputado federal que os ligam ao setor de agronegócios. Além disso, os especialistas que conduziram o estudo levaram em conta as "bandeiras do setor", assumidas durante a campanha eleitoral, e o perfil dos eleitos, que, por exemplo, declararam como ocupação a produção rural.

Atualmente, a frente tem 205 membros, sendo 191 deputados e 14 senadores.

Burocracia

Integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária, o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS) disse que já há um caminho a seguir. "Nós somos, hoje, vítimas do fiscalismo exacerbado, transformando o produtor, muitas vezes, em um cidadão que fica à mercê de algemas. O que nós queremos é que a Constituição e a legislação digam, com absoluta clareza, o que o cidadão pode fazer", declarou.

Moreira também criticou a burocratização do setor rural. "Transformar propriedade em um chão de fábrica e dar para o produtor, na propriedade, dentro da porteira, a obrigação de um cartório para poder manter as suas obrigações é desconstruir, é atrapalhar a produção primária, é tirar do produtor aquilo que ele mais sabe fazer, que é produzir alimentos", disse o deputado.

Não reeleitos

Da bancada ruralista, não foram reeleitos os deputados Moreira Mendes (PSD-RO), Giovanni Queiroz (PDT-PA), Geraldo Simões (PT-BA), Nelson Padovani (PSC-PR), Vitor Penido (DEM-MG), Guilherme Campos (PSD-SP), Reinhold Stephanes (PSD-PR) e Junji Abe (PSD-SP).

Já os deputados Ronaldo Caiado (DEM-GO), Rose de Freitas (PMDB-ES), Wellington Fagundes (PR-MT) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) foram eleitos para o Senado Federal.

Não se candidataram à reeleição os seguintes deputados membros da FPA: Abelardo Lupion (DEM-PR), que coordenou a campanha do presidenciável Aécio Neves; Bernardo Santana de Vasconcellos (PR-MG); Vilson Covatti (PP-RS); Oziel Oliveira (PDT-BA); Eduardo Sciarra (PSD-PR); Sandro Mabel (PMDB-GO); Carlos Magno (PP-RO); e Paulo Cesar Quartiero (DEM-RR).

Fonte: Agência Câmara de Notícias
Reportagem — Thyago Marcel
Edição — Pierre Triboli

Compartilhe esta postagem nas redes sociais