A mortandade de abelhas vem preocupando e intrigando ambientalistas no mundo todo. Uma pesquisa, desenvolvida no Pará, com microchips colocados nos insetos ajuda a identificar os fatores que contribuem para este desequilíbrio. Confira na reportagem. Fonte: TV Brasil

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O manejo conservacionista inclui a adoção de práticas agrícolas para produzir com o mínimo de revolvimento do solo (plantio direto), cultivo de gramíneas e leguminosas para a proteção do solo e fixação biológica de nitrogênio, rotação e consórcio dos cultivos agrícolas principais (arroz, feijão, milho, mandioca, etc.), além de fazer uso de máquinas e equipamentos adequados à agricultura familiar. Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O Cadastro Ambiental Rural é uma base de dados estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas do Brasil. A ação permite ao pequeno produtor ter acesso a linhas de crédito e programas sociais. Em outubro, o cadastro alcançou a marca de mais de 500 mil registros de propriedade e postos rurais brasileiros. As informações declaradas são utilizadas pelo governo para planejar, por exemplo, ações de conservação e recuperação de áreas degradadas. O prazo para prestar informações sobre as propriedades segue até maio de 2015. Para realizar as declarações, basta acessar o programa que está disponível em: www.car.gov.br. Fonte: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Há quase um século, grande parte da população brasileira acompanha notícias e novidades a partir da programação das estações de rádio. No entanto, esse setor vem passando por intensas mudanças. Para traçar as perspectivas para o rádio no Brasil e falar sobre os estudos para a conversão para o sinal digital, o programa entrevista Thiago Novaes, antropólogo e pesquisador em telecomunicações. Fonte: Canal Futura

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Pesquisadores discutiram em São Paulo o grave cenário das mudanças climáticas. O planeta já está 0,8°C mais quente. De acordo com o último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) até o fim do século podemos ter um aumento de quase 4°C na temperatura global, o que deve causar o aumento dos extremos climáticos como frio, calor, seca e chuva. Fonte: TV Climatempo

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O Programa Nacional de Extensão Universitária (PROEXT) contemplou 11 projetos e oito programas na área de Pesca e Aquicultura para fortalecer a atividade pesqueira no país. Segundo o coordenador de Assistência e Capacitação de Pesca e Aquicultura do Ministério da Pesca e Aquicultura, Alexandre Gihel, cerca de 14 universidades públicas de todo o país serão selecionadas para executar os projetos visando a capacitação de pescadores e aquicultores das regiões contempladas. Na edição de 2014, o programa vai disponibilizar cerca de R$ 85 milhões para ações nesse setor. Os projetos serão executados em 2015 e 2016. Fonte: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Após 20 anos de pesquisa, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentou uma nova espécie de maracujá, o Pérola do Cerrado. Dentre as vantagens do melhoramento genético da espécie, estão a resistência a doenças e pragas que representa grande potencial para cultivo, alimentação e aproveitamento para sucos e mousses, além de ornamentação. A Embrapa busca parceiros para a produção e comercialização das mudas desse fruto. Fonte: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O ano de 2014 deve terminar como o mais quente da história do planeta. O levantamento divulgado pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) no começo de outubro chamou a atenção repercutindo no mundo todo. No relatório, a NOAA indica que os meses de 2014, com exceção de fevereiro, foram os mais quentes desde 1880, quando as medições começaram. Tanto calor em 2014 já gera especulações para 2015. Será que o próximo verão poderá superar esses novos recordes históricos? O meteorologista Alexandre Nascimento da Climatempo fala do que vem por aí no próximo ano. Acompanhe. Fonte: TV Climatempo

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Você adora olhar as estrelas, a lua, os planetas e sonha em comprar um telescópio, mas não sabe nem por onde começar? O Clima no Céu entrevistou o professor e astrônomo Marcos Calil que dá as dicas e orientações para você comprar seu primeiro telescópio sem ser enganado. Confira e bons céus, como diz o Calil! Fonte: TV Climatempo

Compartilhe esta postagem nas redes sociais