O manejo conservacionista inclui a adoção de práticas agrícolas para produzir com o mínimo de revolvimento do solo (plantio direto), cultivo de gramíneas e leguminosas para a proteção do solo e fixação biológica de nitrogênio, rotação e consórcio dos cultivos agrícolas principais (arroz, feijão, milho, mandioca, etc.), além de fazer uso de máquinas e equipamentos adequados à agricultura familiar. Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais