O mogno-africano é uma espécie madeireira de grande valor comercial e vem ganhando espaço entre os agricultores. Ele é uma alternativa ao mogno nativo da floresta amazônica (Swietenia macrophylla, King), que teve o corte proibido por causa da exploração predatória. Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais