Soma das riqueza produzidas pelo País, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil superou a marca de R$ 5,5 trilhões em 2014. O indicador analisa a Produção Nacional dos Setores de Agropecuária, Indústria e Serviços. No ano passado, o Setor de Serviços puxou a alta do resultado, com destaque para as áreas de comunicação e transporte de passageiros.

FONTE: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Veja quais são as Tecnologias Sociais selecionadas na Categoria Instituições de Ensino, Pesquisa e Universidades do Prêmio da Fundação Banco do Brasil 2015: Bairro Educador – Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável; Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos e Agricultura Urbana – Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo; Hb: Tecnologia Social de combate à anemia ferropriva – Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação; Manejo de Bacurizeiros Nativos – Embrapa Amazônia Oriental; Sistema Integrado de Inovação Tecnológica Social – Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); e, Sisteminha integrado alternativo para produção de alimentos – Embrapa Meio-Norte.

FONTE: Fundação Banco do Brasil

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Na região Sul do país, onde predomina o clima de caráter temperado, existem algumas épocas do ano quando há maior escassez de pastagens para a produção leiteira – os chamados vazios forrageiros. Os períodos de outono, entre março e maio, e de primavera, entre outubro e dezembro, apresentam menor oferta de alimentação nativa ao rebanho e representam uma queda de produtividade e, conseqüentemente, de produção. Por isso, o planejamento forrageiro é importante. Ao longo dos anos, diversas Unidades da Embrapa têm desenvolvido materiais com determinadas características, com habilidade de produção para suprir as necessidades de diferentes épocas. A garantia de alimento abundante dá segurança de produtividade e qualidade leiteira e, assim, resulta em mais renda aos produtores familiares.

FONTE: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

O fenômeno natural é tão raro quanto destruidor. Os insetos chegaram aos poucos, mas, de uma hora para outra, transformaram a vida dos moradores das cidades de Claro dos Poções e Candeias. Faminto, o gafanhoto come o tempo todo e, em apenas 15 dias, em bando, é capaz de devorar uma mangueira inteira. Mas os agricultores não são os únicos que sofrem com a praga. Até os motoristas têm que redobrar a atenção por causa da nuvem de insetos. Veja na reportagem!

FONTE: Domingo Espetacular

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Meio Ambiente por Inteiro desta semana mostra o que diz a lei sobre essa atividade criminosa ainda praticada no país. Veja como agem os traficantes, as punições previstas na legislação e o trabalho para combater esse crime. O programa traz, ainda, detalhes sobre iniciativas voltadas para resgatar as espécies e devolvê-las à natureza. Leia a íntegra da sinopse http://is.gd/KjvtHc.

FONTE: Programa Meio Ambiente por Inteiro

Compartilhe esta postagem nas redes sociais