Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O segundo programa da série sobre ciência, tecnologia e inovação destaca as cidades inteligentes, tendência mundial que já está sendo desenvolvida em várias partes do Brasil.

Fonte: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Depois de sair da Terra os foguetes dispensam as partes que não precisam mais. Isso acaba gerando lixo espacial. Cientistas já estão pensando nisso e criaram foguetes reutilizáveis. O Space Shuttle, foi o primeiro. Porém o custo para que as peças fossem reutilizadas eram exorbitantes e isso tornou o projeto inviável. O Space Shuttle foi aposentado, mas a ideia de foguetes reutilizáveis não morreu.

Fonte: DW Brasil

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Butia é um gênero de palmeiras que compreende 20 espécies nativas do Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai. Seus frutos, os butiás, são consumidos in natura e usados na elaboração de bebidas e alimentos. Essas palmeiras, muitas com mais de 250 anos de idade, formam amplos agrupamentos conhecidos como butiazais. Fazem parte da paisagem e da história onde ocorrem, mas estão ameaçados pela expansão imobiliária e conversão das áreas em monoculturas.

Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Você já ouviu falar em merino australiano ou hampshire dow? Essas são algumas das raças de ovinos que participam desta edição da Expointer 2017. Eles chamam atenção pela beleza, mas seus atributos vão bem além. São também grandes produtores de lã e de carne de qualidade.

Fonte: Canal Rural

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Depois de muita espera finalmente conheci a Lichia Salatiel, a lichia sem sementes… ou quase isso! Na verdade esta variedade de lichia possui uma semente sim, porém é muito pequena, praticamente insignificante. Algumas frutas do cacho realmente não tem semente nenhuma e na hora de comer inclusive, se você não prestar atenção, acaba engolindo a sementinha sem querer.

Fonte: Safari Garden

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Apesar de ser a mais popular, o Índice de Massa Corporal (IMC) pode não ser a forma mais adequada de descobrir se a pessoa está ou não com o corpo considerado adequado. Isso porque ele só leva em consideração a altura e o peso, e isso não é o suficiente. Para ter um resultado mais preciso, é importante saber a quantidade real de gordura no corpo, que é indicada pela composição corporal.

Fonte: Jornalismo SBT

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 na categoria Água e Meio Ambiente, o dessalinizador solar é muito útil em regiões como o Nordeste brasileiro.

Fonte: Fundação Banco do Brasil

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Saborosos e nutritivos, os cogumelos têm quantidade de proteínas superior à da carne – de 28 a 34% contra 14% – e acima de alguns vegetais e frutas, são ricos em vitaminas e carboidratos e, ainda por cima, possuem baixo teor de gordura. Todos esses predicados os tornam produtos feitos sob medida para o mercado de produtos saudáveis, que cresce na contramão da crise econômica no Brasil.

Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Solarizador: tecnologia de baixo custo mata organismos nocivos com luz do sol e sem uso de químicos. Já se sabe há bastante tempo que a energia solar pode ser usada para eliminação de organismos nocivos no solo. A novidade é que pesquisadores baratearam a tecnologia tornando-a viável também a pequenos produtores. É o que a Embrapa Rondônia conseguiu ao desenvolver um equipamento chamado Solarizador, alternativa sustentável e de baixo custo para a esterilização de solos para uso como substrato na produção de mudas.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Nesta edição você vai conferir alguns detalhes do ipê-rosa. A espécie que é utilizada no paisagismo urbano, ocorre no Semiárido e chama atenção pela beleza das flores. A casca e as folhas servem para o uso medicinal e durante o período de floração, a árvore também atrai abelhas e pássaros.

Fonte: RTV Caatinga Univasf

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O cultivo das cactáceas interessa muito ao pequeno produtor do semiárido que pode contemplar novos usos para plantas que costumeiramente não são exploradas comercialmente. Além disso, o mercado de decoração cada vez mais se interessa pelo uso de espécies que fujam dos padrões tradicionais.

Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Você que mora no sul do Rio Grande do Sul já deve ter ouvido falar que é impossível produzir banana por aqui. Isso não é verdade. Em sistemas agroflorestais, a bananeira traz muitos benefícios. Justamente por isso, a Embrapa junto dos produtores, tratou de recuperar um bananal.

Fonte: Terra Sul

Compartilhe esta postagem nas redes sociais