Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Enquanto milhares de brasileiros precisam enfrentar o trânsito pesado das grandes cidades ou lidar com a falta de água no sertão nordestino, obras que deveriam amenizar estes problemas estão paradas no tempo. Um levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria e apresentado aos candidatos à presidência mostrou que o Brasil tem 2.796 obras paradas. Se somados, os investimentos em todas elas chegam a ser de R$ 14,6 bilhões. Segundo especialistas, um dos fatores que leva às obras inacabadas é a falta de continuidade entre os governos. Além disso, quando a estrutura fica exposta ao tempo antes da conclusão, muitas vezes as despesas para consertar os danos aumentam o orçamento inicial.

Fonte: SBT Jornalismo

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A sonda solar Parker, a primeira astronave que transitará pela coroa do Sol, foi lançada neste domingo pela Nasa com sucesso, 24 horas depois do adiamento da decolagem a partir da base de Cabo Canaveral (Flórida). A missão, que pretende ajudar a esclarecer os mistérios do astro rei e que está previsto que chegue no mês de novembro, começou com a sua quarta tentativa de lançamento.

Fonte: EFE Brasil

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, inaugurou neste sábado o porto multimodal de Kuryk, uma infraestrutura importante para o desenvolvimento através do Mar Caspio da Nova Rota da Seda, o corredor de transporte entre a Ásia e a Europa. “É um projeto histórico que terá um efeito multiplicador para a economia do Cazaquistão e países da região.”

Fonte: EFE BRASIL

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Com os índices preocupantes de desemprego, muita gente precisou abrir mão do plano de saúde para conseguiu manter as contas dentro do orçamento. Um levantamento apontou que, em um ano, mais de 66 mil brasileiros optaram por cancelar o convênio médico. Segundo o Instituto de Saúde Suplementar, apenas 23% da população conta com planos médicos privados. Outro fator que propicia os cancelamentos é o aumento do preço das mensalidades, que podem ser reajustadas acima da inflação.

Fonte: SBT Jornalismo

Compartilhe esta postagem nas redes sociais