Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A Fundação SOS Mata Atlântica iniciou uma expedição pelo rio Paraopeba para entender os impactos ambientais do rompimento da barragem de Brumadinho. Nos próximos dias, a equipe irá analisar a qualidade de água por 356 km, de Brumadinho à hidrelétrica Retiro Baixo e o reservatório de Três Marias, em Felixlândia.

Fonte: Jornal Minas

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.