Fonte: Embrapa

Em 2050, o planeta terá 9,6 bilhões de pessoas. Para alimentar toda essa gente serão necessários pelo menos 3,2 bilhões de toneladas de alimentos, todo ano. A previsão foi feita no final desta quarta-feira 8, pelo pesquisador Luiz Fernando Leite, chefe-geral da Embrapa Meio-Norte, na palestra Inovação no Agro: Segurança Alimentar e Políticas Públicas, no II Congresso das Cidades do Piauí. “Os desafios até 2050 são as mudanças climáticas, pobreza, desigualdade, perda e desperdício de alimentos e pressão sobre os recursos naturais”, disse.

Falando a pesquisadores, técnicos, empresários e estudantes, na sala dois do Espaço Técnico do centro de convenções Atlantic City, ele disse acreditar que para vencer esses desafios a inovação no agronegócio terá que andar de mãos dadas com o melhoramento genético de plantas e animais, a robótica, a informática e a nanotecnologia.

“Nos últimos 10 anos, o setor de alimentos saudáveis cresceu 870 .

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais