Fonte: Faemg

O presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões, o superintende do SENAR MINAS, Christiano Nascif e o vice-presidente de secretaria da FAEMG, Rodrigo Alvim,  conheceram o Centro Multiplicador de Capacitação, em Martinho Campos. A empresa produz rações concentradas, com fornecimento para várias partes do país, dispõe de um Centro Multiplicador do Conhecimento, com estrutura para cursos e palestras, além de um complexo de produção de pecuária de leite e corte, com alto padrão tecnológico, inclusive com ordenha robotizada.

“Uma estrutura espetacular com tecnologias de ponta na bovinocultura de leite.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

O curso Trabalhador artesanal na Pasteurização do Leite e na Fabricação de Laticínios e Afins / Básico chegou à Comunidade da Figueira, no município de Santo Antônio do Aventureiro, na última semana.

As aulas foram ministradas pela instrutora Aline da Silva Machado Castro, reunindo 13 participantes. Uma delas foi Rita Luzia Esquerdo Ferreira, que gravou depoimento, agradecendo a parceria entre o Sistema Faemg/Senar Minas e o Sindicato dos Produtores Rurais de Santo Antônio do Aventureiro, além da mobilização de Terezinha Aparecida Garcia do Carmo Rodrigues.

Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Faemg.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Está acontecendo, entre os dias 13 e 17 de maio, um nivelamento técnico com os instrutores e administração. O nivelamento é para os cursos de Administração de Custo de Produção, Gestão Comercial, Gestão de Marketing e do Programa Líderes Rurais do Sistema Faemg/Senar Minas.

Mirian Rocha, coordenadora pedagógica

Os cursos e programa passaram por atualização de planos e conteúdo. Os instrutores que já realizaram os pilotos desses cursos, e ajudaram na revisão, estão fazendo o repasse para os demais instrutores e administração, por isso é chamado de nivelamento técnico.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Uma técnica simples, que não requer grandes investimentos e agrega muito valor ao produto final, vai ser apresentada num treinamento pela Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no período de 14 a 16 de maio.

Com foco em mamão, banana, abacaxi e manga, o Curso de Desidratação de Frutas Tropicais é destinado a produtores e agroindústrias familiares e tem como objetivo mostrar o processo de desidratação como uma das melhores e mais simples alternativas para aproveitamento de frutos fora de padrão e excedentes da produção.

As aulas teóricas vão repassar informações sobre requisitos e exigências legais para abrir uma agroindústria, importância do planejamento do negócio, boas práticas de processamento e qualidade e cuidados pós-colheita

Em laboratório, as aulas práticas vão tratar sobre processamento de mamão, manga e abacaxi desidratados, banana-passa e farinha de banana verde e chips de banana.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais