Fonte: Embrapa

Com o objetivo de orientar sobre técnicas do cultivo de mandioca, visando melhorar o manejo e aumentar a produtividade, a Embrapa Amazônia Ocidental realiza nesta quinta-feira, 16 de maio, o curso Cultivo de mandioca no Amazonas, direcionado a agricultores, estudantes e técnicos de Assistência Técnica e Extensão Rural. As atividades acontecem de 8h às 16h a sede da Embrapa Amazônia Ocidental, em  Manaus (AM).

O curso será ministrado pelos pesquisadores da Embrapa, João Ferdinando Barreto e Miguel Costa Dias, que vão expor sobre o sistema de produção da mandioca no Amazonas, abordando, entre outras questões, a seleção e preparo de manivas-sementes e suas formas de conservação, além de orientações sobre época de plantio, preparo de área, calagem e adubações, manejo no cultivo de mandioca, colheita e pós-colheita.





Embora no Amazonas a mandioca seja o principal produto agrícola na agricultura familiar no estado, vários fatores interferem na cadeia produtiva, dificultando a produção e os índices de produtividade (rendimento por área nos cultivos). O pesquisador Ferdinando Barreto cita que na região Norte o Amazonas tem o menor rendimento médio por área, em torno de 11 a 12 toneladas por hectare. Por outro lado, os resultados de pesquisa da Embrapa indicam recomendações de cultivares com boa qualidade genética e orientações técnicas para o sistema de produção, que permitem alcançar produtividades acima de 25 toneladas por hectare.
O pesquisador cita que além das cultivares recomendadas pela pesquisa, os agricultores de cada região no estado tem sua preferência pelas variedades locais e fazem também sua seleção.  Usando os melhores materiais com boas práticas de manejo, podem aumentar a produtividade. Um dos meios para aumentar a produtividade no cultivo de mandioca, sem necessidade de grandes investimentos em insumos, é melhorar o manejo seguindo recomendações técnicas para o espaçamento, controle de invasoras no plantio e boa seleção de material genético. Com esses ajustes no manejo, o agricultor pode produzir mais de 15 toneladas de raízes de mandioca por hectare, sem precisar investir em insumos, conforme explica o pesquisador. Essas orientações serão apresentadas aos agricultores e técnicos durante o curso.



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Embrapa.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais