Clique na imagem para ver o vídeo de Rio Grande Rural.




I N F O R M A Ç Õ E S : Entre em contato com o Plantão Técnico pelo site www.emater.tche.br ou procure o Escritório da Emater/RS-Ascar de seu município

V E I C U L A Ç Õ E S : https://goo.gl/ZFT6yK

* Para consultar o canal NET da sua região, acesse tvbrasil.ebc.com.br/comosintonizar

As novas instruções normativas para produção de leite vigoram a partir de 30 de maio de 2019. As regras aumentam grau de exigência das áreas produtiva e industrial do setor lácteo. Para discutir esse assunto, uma série de reuniões estão sendo realizadas em diversas regiões do Estado. Porto Alegre, Passo Fundo e Lajeado sediaram a primeira rodada de eventos promovidos pelo Sindilat – O Sindicato das Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul.

No dia 09 de maio foi realizada uma reunião da Câmara Setorial do Leite em Brasília, onde foi solicitada a prorrogação da entrada em vigor da lei que exige que o leite armazenado nos silos das indústrias apresente limite máximo para Contagem Padrão em Placas (CPP) de até 900.000 UFC/ml (unidades formadoras de colônia por mililitro) . E sobre a temperatura do leite que antes poderia chegar a 10 graus, agora não poderá passar dos 7 graus celsius antes do processamento. O Ministério da Agricultura deve dar a resposta até o dia 30 de maio. (Ellen Bonow/Paulo Carneiro)

Programa #1066

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais