Fonte: Faemg

Na última sexta-feira (31), foi finalizado o primeiro Programa Aprendizagem Rural no Vale do Jequitinhonha.

Foi na cidade de Carbonita, que o Sistema Faemg/Senar Minas, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Itamarandiba e a Empresa ArcelorMittal Bio Florestas, respectivamente representados no evento, por Raimundo Papa Júnior, Danilo Dayrell Silva e Júlio César de Castro, certificaram 17 jovens da Escola Estadual Coronel Coimbra.

Voltado para a silvicultura e com uma carga horária total de 492 horas/aula básicas, específicas e práticas profissionais, o programa chegou ao fim em clima de alegria e de muitos elogios:

“Foi gratificante representar o Sistema Faemg/Senar Minas nesse evento, pois percebi a satisfação de ter contribuído para a melhoria da qualidade de vida dos alunos” ressaltou Raimundo Para Júnior.

“Sinto-me capacitada e preparada profissionalmente” disse a aluna Jackeline Carvalho de Almeida

“Conhecimento é algo que ninguém tira de nós” disse Cintia Rodrigues Honorio ao agradecer as instituições pela aprendizagem e companheirismo.

Jucilene Carvalho Ribeiro destacou a relação de seu sucesso profissional com tudo que aprendeu durante o Programa.

“Conhecimento é a garantia de um amanhã” proferiu a participante Rayane Jamilly Coelho.

Já Júlio César de Castro, gerente operacional da Empresa Arcelor Mitral Bio Florestas, gravou um vídeo avaliando o resultado do Programa.



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Faemg.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

“Um dos pontos mais buscados na pecuária de leite é a padronização do rebanho. O Programa Cross Mate nos auxilia muito nesse ponto, além de organizar as informações das propriedades. Sempre alinhado com o objetivo traçado pelo criador, facilita o levantamento das avaliações morfológicas das vacas e dos acasalamentos individuais. Com gráficos e tabelas, o programa nos apresenta como os touros estão sendo utilizados, quantidade, forma de cruzamentos, os graus de sangue e projeta o futuro do rebanho, bem como a evolução genética”, afirma o técnico de Leite da Alta, Rodrigo Peixoto.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

“A experiência foi fabulosa. É gratificante poder contribuir com a natureza e ver a resposta dela de forma tão imediata”. Essa frase é de Wallace Salomão Soares, que participou do curso de nascentes do Sistema Faemg/Senar Minas, promovido na Fazenda Indiana e Aldeia, na cidade de Palmópolis, Vale do Jequitinhonha.

Segundo Wallace, o manancial estava em situação precária, com volume de água bem reduzido, com bastante vegetal em seu interior e com pequena vegetação em seu entorno, mas, logo no início ao curso, o cenário foi modificando.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais