AFROUXAR REGRAS DE TRÂNSITO É RETROCESSO, DIZ CONSULTOR

Fonte: Kennedy Alencar

O sociólogo Eduardo Biavati diz que afrouxar regras de segurança no trânsito “é um retrocesso ruim de assistir”. O presidente Jair Bolsonaro levou pessoalmente a proposta hoje ao Congresso.

Biavati, que é consultor em segurança do trânsito, afirma que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) é uma concessão que o Estado dá aos cidadãos caso eles se mostrem aptos a dirigir sem oferecer riscos. Portanto, regras de controle rígidas são necessárias para evitar acidentes e mortes.

O projeto de lei dobra o atual limite de pontuação para suspender a CNH.




Também dobra a validade da carteira dos atuais 5 para 10 anos. Há uma série de outras medidas negativas, como acabar com a multa para quem transporta crianças fora das chamadas cadeiras de retenção.

O projeto de Bolsonaro contraria políticas de melhoria da segurança no trânsito aplicadas no Brasil nas últimas duas décadas, bem como regras internacionais recomendadas. Ouça a entrevista concedida hoje ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”:



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Kennedy Alencar.

Hits: 13

Compartilhe esta postagem nas redes sociais