É ERRO CRIMINALIZAR EMPRÉSTIMOS DE EXPORTAÇÃO DE SERVIÇOS

Fonte: Kennedy Alencar

O ex-presidente Lula terá mais uma frente de batalha. A Justiça Federal do Distrito Federal acatou denúncia contra o petista por suposta propina na concessão de empréstimo do BNDES para obra da Odebrecht em Angola. Os ex-ministros Antonio Palocci (Fazenda) e Paulo Bernardo (Planejamento) também viraram réus.

Ex-presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro já disse que é um erro criticar esses empréstimos que foram feitos para exportação de serviços. Afirmou não ver erro na política adotada pelo banco.

É um erro demonizar esses empréstimos, porque eles são importantes para o país.




O Brasil tem projeção geopolítica na África e na América Latina. Isso é bom.

No acordo de delação com o Ministério Público, a Odebrecht aceitou carimbar como corruptos empréstimos que passaram pelo crivo da área técnica do BNDES.

*

Amadorismo internacional

Ao se meter na eleição argentina, Bolsonaro erra. O presidente tomou partido de Macri em viagem hoje ao país vizinho.

*

Nó comercial

Será um feito se o Mercosul fechar mesmo um acordo de livre comércio com a União Europeia. O ministro Paulo Guedes (Fazenda) prevê fechar o acerto em quatro ou cinco semanas. Essa negociação já dura cerca de 20 anos.

Ouça o comentário feito nesta quinta no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Kennedy Alencar.

Hits: 5

Compartilhe esta postagem nas redes sociais