PRESIDENTE NÃO PODE SE COMPORTAR COMO “TIOZÃO DO WHATSAPP”

Fonte: Kennedy Alencar

Autoridades públicas não podem agir como o “tiozão do WhatsApp”. Devem evitar formular políticas públicas ancoradas em impressões ou achismos. O presidente Jair Bolsonaro apresenta propostas com voluntarismo. Tem ideias atrasadas e inconsistentes.

É preciso responsabilidade ao propor uma política pública. O ideal é ouvir especialistas contra e a favor, levar em conta dados científicos e experiências de sucesso ou fracasso.

O que não pode é propor o afrouxamento de normas de segurança no trânsito com tamanha leviandade _exatamente o que o presidente da República fez nesta semana.

*

Sem foco

Bolsonaro deveria estar preocupado em arrumar votos para a reforma da Previdência.




Há uma esperteza de deputados que pretendem deixar Estados e municípios fora da reforma da Previdência, cedendo a lobbies de Polícias Militares e de outros servidores públicos.

Ouça o comentário feito nesta quarta no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Kennedy Alencar.

Hits: 9

Compartilhe esta postagem nas redes sociais