CITRICULTURA NA CHAPADA DIAMANTINA É TEMA DE EVENTOS EM IBICOARA NESTA TERÇA

Fonte: Embrapa

Na próxima terça-feira, dia 18 de julho, a Embrapa Mandioca e Fruticultura e a prefeitura de Ibicoara (BA) realizam seminário e dia de campo sobre o desenvolvimento da citricultura na região da Chapada Diamantina, na Área de Eventos, no Centro de Ibicoara. Está prevista a participação de 200 pessoas, entre produtores, viveiristas, empresários, agrônomos, técnicos agrícolas e estudantes.

“O objetivo é abordar o potencial da citricultura na região da Chapada Diamantina com apresentação de novas variedades copa e porta-enxerto e técnicas de manejo e produção”, informa o pesquisador João Roberto Oliveira, coordenador dos eventos, junto com o pesquisador Orlando Passos.

Os instrutores são todos pesquisadores da Embrapa.




Oliveira vai ministrar a primeira palestra sobre a situação atual da citricultura na região da Chapada Diamantina setentrional. Depois ele volta para falar sobre a implantação do pomar cítrico. Variedades copa de citros são o tema da apresentação de Passas. E os pesquisadores Walter Soares e Hermes Peixoto vão abordar, respectivamente, variedades porta-enxerto e risco de introdução de doenças por meio de mudas cítricas. No dia de campo, que vai acontecer na parte da tarde na Fazenda Santa Terezinha, Passos e Soares vão demonstrar resultados da adoção de novas variedades copa e porta-enxerto. 

As atividades integram o escopo de ações do projeto Gestfrut (Estabelecimento de uma rede de pesquisa, transferência de tecnologia e inovação para a fruticultura do estado da Bahia, com base na articulação, gestão e comunicação), financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). Por meio do Gestfrut, a Embrapa vem promovendo seminários e dias de campo em municípios que têm potencial para a exploração da citricultura como atividade de destacada importância social e econômica no estado da Bahia. 

Serviço

– Seminário e dia de campo sobre o desenvolvimento da citricultura na região da Chapada Diamantina
– Data: 18 de julho.
– Horário: a partir das 8h.
– Público-alvo: produtores, viveiristas, empresários, agrônomos, técnicos agrícolas e estudantes.
– Local: Auditório da Área de Eventos (seminário, manhã) e Fazenda Santa Terezinha (dia de campo, tarde)
– Endereço: Praça Américo Martins Junior – Centro 



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Embrapa.

Hits: 6

Compartilhe esta postagem nas redes sociais