Fonte: Senado Federal

O Senado aprovou, nesta terça-feira (25), novas regras para a produção e a venda de queijos artesanais. O projeto (PLC 122/2018) reduz a burocracia que pequenos produtores enfrentam para oferecer o produto em todo o território nacional. A matéria tramitava em regime de urgência e segue para sanção da Presidência da República.

O texto, de autoria dos deputados Alceu Moreira (MDB-RS) e Zé Silva (SD-MG), considera artesanal o queijo elaborado a partir de métodos tradicionais e com leite da própria fazenda.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Senado Federal

O Senado pode votar nesta quarta-feira (26), em Plenário, projeto que trata da ampliação da posse de armas em propriedades rurais. A afirmação foi feita nesta terça-feira (25) pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, após reunião de líderes. Segundo o presidente, o acordo é votar o projeto pela manhã na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e à tarde em Plenário.

O projeto, segundo Davi, vai alterar as regras da posse de armas para a área rural. O morador dessas áreas que tiver uma arma pode ser autorizado a circular com a arma em toda a área da propriedade e não apenas dentro de casa, dispensando, para isso, autorização para o porte de armas.

— O projeto estende a posse a todo o perímetro da propriedade.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Senado Federal

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, comunicou a impugnação, e consequente devolução ao presidente da República, do trecho da Medida Provisória (MP) 886/2019 que transferiu da Fundação Nacional do Índio (Funai) para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento a demarcação de terras indígenas. O restante da MP continuará tramitando normalmente. O anúncio ocorreu durante a sessão deliberativa do Plenário desta terça-feira (25).

Com isso, o trecho cancelado será considerado não inscrito na Lei 13.844, de 2019, que estabelece a organização básica do Poder Executivo.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Para a 26ª edição da Hortitec – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas que acontece em Holambra (SP), de 26 a 28 de junho, a Embrapa selecionou diversas tecnologias – entre cultivares, sistemas de produção, insumos, equipamentos e aplicativos – desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para auxiliar a cadeia produtiva de frutas e hortaliças.

As diversas soluções tecnológicas que serão apresentadas no estande da Empresa podem ser conferidas na versão digital do Catálogo de Tecnologias da Embrapa na Hortitec 2019.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

A Secretaria de Inovação e Negócios – SIN abriu, no dia 24 de junho, o edital, tipo Oferta Pública, para contratação de licenciados para o arroz de terras altas, cultivar BRS A502. A manifestação de interesse deverá ser realizada por e-mail, até às 17h do dia 09/07/2019. Serão contemplados, por ordem de recebimento, até o esgotamento dos lotes, os produtores que enviarem e-mail com assunto “Comunicado de Oferta Nº 16/2019” para (sin.eca@embrapa.br).

Podem participar produtores inscritos no Registro Nacional de Sementes e Mudas – RENASEM, como PRODUTORES DE SEMENTES DE ARROZ (Oryza sativa L.) e que estejam interessados na produção e comercialização de sementes da cultivar BRS A502, protegida em nome da EMBRAPA.

Mais informações com Werito Fernandes de Melo, (61) 3448-1971.

Acesse o edital AQUI e saiba mais sobre a Cultivar BRS A502.



Clique aqui para ver esta matéria na íntegra em Embrapa.

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

     Os presidentes do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas e da Agrishow, Francisco Matturo, conheceram pesquisas e tecnologias desenvolvidas nas duas unidades da Embrapa, em São Carlos, na última segunda-feira (24). Eles discutiram a possibilidade de parceria, principalmente, para a capacitação de profissionais da extensão rural.

     O grupo, formado por membros do Sistema OCB, Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP) e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (OCEPAR), foi recebido pelos chefes dos dois centros de pesquisa, Rui Machado, da Embrapa Pecuária Sudeste, e João Naime, da Embrapa Instrumentação. 

     Durante o encontro na Fazenda Canchim, sede da Embrapa Pecuária Sudeste, o chefe de Transferência de Tecnologia, André Novo, falou sobre o processo de transferir conhecimento para a cadeia produtiva e soluções tecnológicas desenvolvidas pela Unidade.  

     A visita, de acordo com Rui Machado, é uma forma de aproximação com o setor cooperativista e ampliar as redes de relacionamento, o que abre oportunidade de ações de cooperação entre as instituições.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais