Fonte: Faemg

Uma pesquisa publicada este mês, na Bioenergy Research, alerta que a remoção dos resíduos culturais (palha) da cana-de-açúcar para produção de bioenergia (eletricidade ou etanol de segunda geração) pode impactar a demanda de fertilizantes do país. Com 10 milhões de hectares, o Brasil é responsável por cerca de 40% da produção global de cana-de-açúcar o aproveitamento da palha de cana-de-açúcar como matéria prima à indústria tem se destacado como uma estratégia promissora para aumentar a produção de bioenergia e a lucratividade do setor.

“No entanto, a palha tem um papel muito importante para sustentar diversas funções do solo e serviços ecossistêmicos associados, incluindo ciclagem de nutrientes e produtividade das culturas”, lembra Maurício Cherubin, professor do Departamento de Ciência do Solo, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), autor do estudo realizado em colaboração com outros docentes e estudantes do mesmo departamento e pesquisadores do Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR/CNPEM).

Cherubin reforça que a quantidade de nutrientes exportados via palha deve ser quantificada e adequadamente restituída via fertilizantes para evitar a degradação da fertilidade do solo e consequentemente, os impactos negativos na produtividade das plantas ao longo do tempo.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Com o objetivo de divulgar as tecnologias nas áreas de controle de plantas invasoras como o capim-annoni e controle do carrapato, a Embrapa Pecuária Sul realiza um evento nesta quarta-feira (07/08/19). A atividade é uma demanda de produtores do Clube de Integração e Troca de Experiências 14 (Cite 14), de São Vicente do Sul (RS), mas também é aberto ao público interessado nestes dois temas. 

O evento acontece pela tarde, entre 14 e 17 horas, na sede da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé, no Rio Grande do Sul. 

A programação começa com a apresentação, a campo, do Método Integrado de Recuperação de Pastagens (Mirapasto), a ser realizada pelo pesquisador da Embrapa Naylor Perez, em uma área onde o capim-annoni representava a maior parte da vegetação existente, e, após a implementação do Mirapasto, a pastagem foi recuperada e o capim-annoni controlado. 

Na sequência, a pesquisadora da Embrapa Cláudia Gomes apresenta o tema “Controle do carrapato na prática”, abordando tecnologias disponíveis para o controle do carrapato e como o seu correto uso pode ter impacto positivo na redução dos prejuízos econômicos causados por este parasita. 

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Começa hoje (06/08/19) no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês em Chapecó-SC a 12º edição do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura. A Embrapa Suínos e Aves, de Concórdia (SC), mais uma vez participa da programação científica e da feira tecnológica do evento.

Na quarta-feira, dia 7, a partir das 8 horas, a pesquisadora e chefe geral do centro de pesquisa, Janice Zanella, fará parte da mesa-redonda “Como estamos gerenciando o nosso patrimônio sanitário?”, ao lado de Thiago Freitas (BRF), Ricardo Nagae (JBS) e Alessandra de Lacerda Alves (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais