Clique na imagem para ver o vídeo de Emater RS.




O reconhecimento de indicações geográficas de vinhos brasileiros estabeleceu um novo capítulo na vitivinicultura nacional, em que se valorizam produtos tradicionais de determinados lugares. Isso possibilita a proteção da região produtora e garante aos consumidores vinhos diferenciados. A indicação geográfica dos vinhos trouxe benefícios como a organização coletiva dos produtores, o estímulo à economia local e a ampliação do renome dos produtos da região, o que gera impactos na competitividade e no aumento potencial das atividades do enoturismo. Cada indicação geográfica está vinculada a uma associação de produtores responsável pela gestão, incluindo o controle, a proteção e a sua promoção.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais