Fonte: Embrapa

A Embrapa e a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) fecharam parceria para o desenvolvimento de um aplicativo e um sistema de informações geográficas na web (webgis) para mostrar, no mapa e em gráficos, quão favorável ou não um ambiente está para a proliferação de doenças nas lavouras. Com isso, os agricultores terão informação para decidir quando e quanto investir em medidas para combater o problema, como a aplicação de defensivos.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

No Brasil, a área tratada com biodefensivos é de 10 milhões de hectares, principalmente semeados com soja, cana, café, hortaliças e frutas, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio). A Embrapa vem dedicando grande esforço de pesquisa na área de ativos biológicos, tanto que atualmente 25 de suas unidades geram resultados relacionados ao tema.

No total, a Empresa tem 34 portfólifos de projetos com temáticas estratégicas para a agricultura brasileira, sendo cinco deles com ênfase em projetos relacionados a insumos biológicos, recursos genéticos, sanidade animal e vegetal e sistemas de produção de base ecológica, transversalmente alinhados com áreas como biotecnologia, nanotecnologia, inovação digital, entre outras.
 
A Embrapa conta ainda com 21 coleções microbianas e mais de 53 mil acessos (estirpes de bactérias, cepas de fungos) dessas coleções.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais