Fonte: Embrapa

A Embrapa Gado de Leite anunciou as instituições de ensino que participarão do Vacathon, um hackathon que integra a programação do Ideas for Milk. Estudantes de 26 instituições do país inteiro vão desenvolver projetos de soluções digitais voltados à produção leiteira. O evento será realizado na unidade da Embrapa em Juiz de Fora entre os dias 28 de outubro a 1º de novembro.

Em sua terceira edição, o Vacathon receberá mais participantes que nos anos anteriores: “Mesmo com toda a carência de recursos no setor privado, que custeia 100% do evento, ampliamos a infraestrutura para receber 21 times, frente aos 16 que estiveram presentes em 2018”, relata o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Foto: Rodrigo Santos

Espécies de percevejos-de-renda Vatiga illudens, Vatiga manihotae e Gargaphia opima, encontradas na Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda, município de Feijó (AC)

Estudos taxonômicos com percevejos-de-renda, coletados em cultivos de mandioca do Acre, confirmaram o primeiro registro oficial das espécies Vatiga manihotae e Vatiga illudens para o Estado, e Gargaphia opima para o Brasil, associadas à cultura.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

O objetivo é desenvolver cultivar de arroz biofortificada no âmbito da Rede BioFORT

Um arroz rico em micronutrientes – o arroz biofortificado –  está em processo de desenvolvimento pela Embrapa. O objetivo é atingir níveis de zinco desejáveis para produzir benefícios à nutrição humana. O projeto de pesquisa – desenvolvido pela Embrapa Cocais em parceria com a Embrapa Arroz e Feijão e Embrapa Agroindústria de Alimentos no âmbito da Rede BioFORT –  também busca características agronômicas ou sensoriais de interesse, atrativas aos agricultores e consumidores.

“O processo de biofortificação é feito a partir do cruzamento entre as melhores linhagens de plantas da mesma espécie, conhecido como melhoramento genético convencional, gerando cultivares mais nutritivas.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

O 1º Encontro de Meliponicultores da região de Presidente Prudente, realizado em 19 de outubro, na Unoeste, organizado pelo Grupo de Pesquisa com Abelhas da universidade (Unobee) em parceria com a Fundação Educacional de Andradina (FEA), teve a participação do pesquisador da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna/SP) Cristiano Menezes, que buscou estimular os criadores brasileiros a se profissionalizarem de maneira sustentável dos pontos de vista ambiental, social e econômico para que essa atividade se fortaleça.

“Precisamos mostrar os avanços da meliponicultura e a relevância de se preparar para atender esse mercado que possui várias vertentes.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais