Fonte: Fapesp

Agência FAPESP – O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) criou o Cadastro de Consultores ad hoc e aprovou o manual conforme a Portaria Nº 191, de 20 de setembro de 2019. A medida tem o objetivo de contribuir com as atividades técnico-científicas no âmbito da Secretaria de Defesa Agropecuária.

Os interessados em se cadastrar deverão preencher formulário de submissão disponível no site do MAPA.

A consultoria ad hoc é considerada uma atividade técnico-científica, colaborativa, voluntária, específica e eventual.




Os consultores externos, pertencentes a instituições públicas ou privadas, emitem pareceres em razão de sua experiência e de seus conhecimentos técnico-científicos, contribuindo para a tomada de decisão dos departamentos da Secretaria.

A atuação como consultor ad hoc não configura qualquer tipo de vínculo empregatício com a administração pública. A participação será documentada por meio de certificado comprobatório.

As áreas de conhecimento das consultorias abordarão: saúde e bem-estar animal, saúde pública veterinária, alimentação animal, insumos pecuários, material de multiplicação animal, sanidade vegetal, resíduos e contaminantes, insumos agrícolas, perigos biológicos, qualidade e tecnologia de produtos de origem animal, qualidade e tecnologia de produtos de origem vegetal, fraudes em alimentos, avaliação de risco, análise quantitativa e econômica de dados, epidemiologia, vigilância e controle na fronteira de produtos agropecuários, vigilância agropecuária internacional, organismos geneticamente modificados, orgânicos, biossegurança e biosseguridade.

Mais informações: https://bit.ly/31MCtXc.
 

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais