Fonte: Embrapa

Transformar um resíduo da produção de tambaqui em oportunidade de negócio com valor agregado para a cadeia do pescado ou de geração de renda extra para pessoas interessadas em ampliar os ganhos familiares. Essa foi a tônica do curso de curtimento industrial de pele de tambaqui e manufatura artesanal com couro deste peixe, que aconteceu na semana de 29 de outubro a 1º de novembro em Sorriso (MT).

O curso foi realizado pelo pesquisador Manuel Chagas Jacintho, da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP), e pelo instrutor de artesanato em couro, Alfred Loosli.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Circuito Café da Semana faz parte da Semana Internacional do Café 2019 e reúne 32 estabelecimentos que integram o melhor roteiro de cafés especiais da capital mineira – Imagem: Divulgação SIC

Fomentar um novo olhar sobre a cultura do café, conhecer melhor a origem dos grãos da bebida, a história de um produtor, além de reconhecer no aroma, sabor e textura que aquele cafezinho tem um que de especial.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

A Embrapa Amazônia Ocidental em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) realizam, nos dias 12 e 13 de novembro, o curso “Hidromel – oportunidade de negócio com subproduto da Meliponicultura”, direcionado a meliponicultores e técnicos de extensão rural. A meliponicultura é a criação de abelhas nativas sem ferrão.

O curso é promovido no âmbito do projeto Abelhas, variedades crioulas e bioativos agroecológicos: conservação e prospecção da biodiversidade para gerar renda aos agricultores familiares na Amazônia Legal (Agrobio), projeto coordenado pela Embrapa e financiado pelo Fundo Amazônia.

O hidromel é uma bebida alcoólica proveniente da fermentação do mel.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

A principal fonte de alimento do gado é uma pastagem, isso justifica investir na sua implantação e manutenção. O curso que a Embrapa realiza de 19 a 21 de novembro aborda vários aspectos de como manter um produto produtivo, entre eles ou realizar um manejo adequado.

Para os especialistas da área de forrageiras ou retorno econômico, é garantido quando todas as etapas são bem-vindas possíveis para bovinos, os níveis de produção variáveis de 20 a 25 arrobas por ano.

Quem confirma os números é o pesquisador Rodrigo Amorim Barbosa, coordenador do curso.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

“Aqui é o local para você alinhar e encontrar as soluções para os nossos desafios”. Essas foram as palavras iniciais do presidente da Associação Mato-Grossense do Algodão (AMPA) e do Instituto Mato-Grossense do Algodão, Alexandre Pedro Schenkel, na visita à Embrapa Instrumentação, em São Carlos (SP), quinta-feira (31/10/19), para conhecer os resultados da parceria em Agricultura de Precisão.

Schenkel, agricultor em Campo Verde, e que também exerce os cargos de vice-presidente do Conselho Administrativo da Abrapa – Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, presidente do IAS – Instituto Algodão Social e presidente do Conselho de Administração do IPA – Instituto Pensar Agro, destacou que os produtores do estado se identificam muito com as novas tecnologias, que têm um perfil mais desruptivo e gostam de inovações.

Com uma produção anual de 1,7 milhões de toneladas em uma área de 1,1 milhão de hectares, Mato Grosso produz dois terços do algodão brasileiro, a maior parte para exportação – até o início da década de 90 o Brasil era importador.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Um total de 246 produtores e trabalhadores rurais e seus familiares estiveram presentes no Encontro das Famílias Rurais, realizado no último sábado, 26 de outubro, em Argirita. O evento foi resultado da parceria do Sistema Faemg / Senar Minas com o Sindicato dos Produtores Rurais de Argirita.

O objetivo do Encontro das Famílias Rurais é reunir pessoas das comunidades rurais, em especial, participantes e ex-participantes dos cursos do Senar Minas, promovendo integração social e cultural.

O evento, que teve início às 8h, seguindo até as 17h, foi promovido na quadra da Escola Municipal Doutor Custódio Junqueira, contando com palestras, distribuição de mudas frutíferas, sorteio de brindes, brincadeiras para as crianças, oficinas de artesanato, além de serem expostos produtos confeccionados pelos integrantes da Associação dos Produtores Rurais de Argirita.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Com o foco em germinação e preparo de mudas de fruteiras nativas da Amazônia, a Embrapa Amazônia Oriental realiza, nos dias 4 e 5 de novembro, curso na cidade de Tomé-Açu, nordeste paraense. O evento ocorre por meio do projeto Grandiflorum e é fruto de cooperação técnica com a prefeitura do município.

Os pesquisadores José Edmar Urano de Carvalho e Rafael Moysés Alves, serão os monitores do treinamento, ao lado de Cristiano Sena, da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepara).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais