Clique na imagem para ver o vídeo de Agência FAPESP.




Pesquisa internacional, centralizada na Unesp de Rio Claro (SP), investigou as relações de simbiose e parasitismo estabelecidas entre as saúvas e outras formigas cortadeiras com dois gêneros de fungos. Um dos desdobramentos do estudo prevê ainda o controle biológico das formigas em monoculturas. O estudo está diretamente associado a dois projetos apoiados pela FAPESP: “Sistemática e filogenia do fungo parasita Escovopsis associado às formigas Attini”; e “Código de barras de DNA e potencial biotecnológico dos microfungos associados aos ninhos das formigas cortadeiras”.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais