Clique na imagem para ver o vídeo de Record.




O que ficou definido, até o momento, é que as novas taxas que os norte-americanos iriam impor aos chineses não devem entrar em vigor. E Pequim se compromete a comprar mais produtos agrícolas dos EUA. Os presidentes dos dois países precisam, ainda, assinar o acordo.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais