Fonte: Embrapa

A Embrapa e a Fundação Meridional realizam o tradicional Dia de Campo sobre a cultura da Soja no dia 14 de fevereiro de 2020, das 8 às 12 horas, na Vitrine de Tecnologias da Embrapa, em Londrina (PR). Serão realizadas seis estações técnicas, como apresentação de cultivares de feijão e oito cultivares de soja: BRS 388RR, BRS 433RR, BRS 476RR, BRS 543RR, BRS 544RR, BRS 1001IRPO, BRS 1003IPRO, BRS 1061IPRO.




Também haverá uma estação técnica sobre as estratégias de manejo da ferrugem asiática da soja (principal doença da soja), outra estação sobre fixação biológica do Nitrogênio e promoção de crescimento de plantas e ainda apresentação de diferentes estratégias para o manejo do percevejo (principal praga da soja).

Uso de imagens para diagnóstico

Um dos destaques do dia de campo será a apresentação do uso de imagens aéreas para diagnóstico do potencial produtivo em lavouras de soja. O pesquisador Júlio Franchini irá fazer uma demonstração prática do uso de veículo aéreo autônomo, em lavoura de soja, seguido da avaliação das imagens obtidas a campo. “A mudança do ponto de vista em relação à lavoura, proporcionado pelas imagens aéreas, nos dá uma nova perspectiva do que está acontecendo na área”, explica Franchini. As imagens permitem identificar áreas com maior e menor potencial dentro dos talhões, o que direciona o trabalho em busca do diagnóstico correto dos fatores limitantes. Atualmente as imagens áreas são obtidas, por meio de sensores acoplados em aviões, satélites e drones. “Dependendo do tipo de sensor podemos avaliar o vigor das plantas, diferentes estresses sofridos e o potencial de produtividade”, enfatiza. 

Tecnologia Block

Outro ponto alto será a apresentação das cultivares de soja BRS 1003IPRO e BRS 543RR, que possuem maior tolerância ao percevejo. Estas cultivares Block, quando comparadas às cultivares suscetíveis, apresentam menor perda (rendimento, qualidade de grãos, entre outras), quando ambas são submetidas à semelhante população da praga. O produtor Cristiano da Cunha, de Marechal Cândido Rondon (PR), por exemplo, comemora os resultados obtidos com BRS 1003IPRO, cultivar com alto potencial produtivo e com o diferencial da tecnologia Block, de tolerância a percevejos. A produtividade alcançada na safra 2019/20 foi 87,10 sacas por hectare.

A Tecnologia amplia a proteção da lavoura ao ataque do percevejo que suga as vagens e os grãos. “Os percevejos são atualmente uma das pragas mais importantes para a cultura da soja, porque interferem na produtividade e na qualidade dos grãos e das sementes”, avalia o pesquisador da Embrapa Soja, Marcos Petek. “As cultivares com a genética Block têm maior tolerância aos percevejos, o que minimiza a ação destrutiva da praga. Porém, a tecnologia não dispensa o uso de inseticidas, mas permite uma melhor convivência com os insetos no campo”, enfatiza.

Além desse diferencial, a BRS 543RR é uma cultivar altamente produtiva com precocidade associada (grupo de maturidade 6.0), caraterísticas que garantem excelente performance em semeaduras antecipadas. “É uma opção bastante competitividade para os produtores que adotam o sistema de sucessão com outras culturas, o que propicia a semeadura do milho safrinha, por exemplo”, explica o pesquisador. “Além disso, apresenta resistência às principais doenças da soja, inclusive à podridão radicular de Phytophthora”, reforça o pesquisador. Por apresentar tolerância ao glifosato, a BRS 543RR colabora ainda com o controle de plantas daninhas e pode ser usada como opção de refúgio para as áreas de soja Intacta. A nova cultivar é recomendada para São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, abrangendo toda a macrorregião sojícola 2 (RECs 201, 202, 203 e 204).

PROGRAMAÇÃO

8h – 8h30: recepção e inscrições

8h30 – 8h45: abertura

8h45 – 12h – Estações técnicas Cultivares de soja Uso de imagens aéreas para suporte ao diagnostico da variabilidade espacial em sistemas de produção de soja Manejo do percevejo Fixação Biológica de Nitrogênio e promoção de crescimento de plantas Manejo da ferrugem-asiática

Cultivares de feijão

Serviço: DIA DE CAMPO DE SOJA Data: 14 de fevereiro Horário: 8h às 12h

Local: Vitrine de Tecnologias da Embrapa, Warta/Londrina (PR).

FONTE

Embrapa Soja
Lebna Landgraf – Jornalista

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais