Fonte: Canal Rural




Com o avanço do novo coronavírus, as cotações do boi devem cair nos próximos meses. É o que aponta o presidente da Scot Consultoria, Alcides Torres. Segundo ele, se houver uma recessão econômica global, o consumo de carnes vai diminuir afetando diretamente o mercado do boi.
Torres afirma que há possibilidade de dois cenários: o negativo, com a diminuição de consumo e se frigoríficos oferecerem menos pela arroba; e o positivo, caso aumente o consumo e caso a cotação não caia, ou pelo menos se mantenha estável.
Mesmo com a diminuição do consumo europeu, o Brasil segue sendo a melhor opção de compra. “O cenário podia estar pior, mas estamos num ano de alta dos preços e pode ser que os frigoríficos comprem mais, mas não há dados e números porque ainda tem que esperar a situação se desenrolar”, afirma Torres.
Para os produtos avícolas, o consumo vem aumentando junto com o avanço do vírus. A informação é do diretor executivo da Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav) e do Sindicato da Indústria de Produtos Avícolas no Estado do Rio Grande do Sul, José Eduardo dos Santos. Por conta do possível desabastecimento, houve uma grande procura de parte da população por ovos, carne de frango e outros produtos.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais