Fonte: Fapesp


Bolsista participará de projeto que investiga os danos oxidativos e alterações morfológicas nas mitocôndrias relacionadas ao envelhecimento no encéfalo de camundongos (imagem: David Furness/Wellcome Imagens)

Agência FAPESP – O Projeto Temático “Função e disfunção mitocondrial: implicações para o envelhecimento e doenças associadas”, desenvolvido na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), recebe inscrições até 1º de abril de 2020 para uma vaga de pós-doutorado com bolsa da FAPESP.

Na pesquisa, serão caracterizadas alterações na bioenergética mitocondrial, danos oxidativos e alterações morfológicas relacionadas ao envelhecimento no encéfalo de camundongos com e sem NAD(P)+ transidrogenase funcional.




Adicionalmente, serão avaliadas alterações na neurotransmissão e nos fenótipos comportamentais.

As candidaturas estão abertas a doutores que obtiveram título recentemente na área de Ciências Biológicas. Os candidatos devem ter experiência em: manipulação de camundongos, incluindo execução de ensaios comportamentais; avaliação do metabolismo oxidativo mitocondrial em células em cultura ou organelas isoladas; análises histológicas de encéfalo de roedores, incluindo a realização de técnicas de imuno-histoquímica e microscopia de fluorescência.

Além disso, a oportunidade exige conhecimento sobre técnicas de PCR, western blot e análises espectrofluorimétricas, além de publicação de artigos científicos originais, preferencialmente como primeiro autor. É desejável experiência com cultura primária de neurônios e/ou células da glia.

Os interessados devem enviar link do currículo Lattes, carta de recomendação e carta de apresentação comprovando experiência prévia nos pré-requisitos da bolsa para o pesquisador principal da vaga, o professor Roger Frigério Castilho (rogerc@unicamp.br).

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3534.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais