Fonte: Canal Rural




O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, confirmou nesta segunda-feira, 23/03/20, que trabalha com o Executivo e o Senado uma emenda que vai segregar o orçamento para criar um regime extraordinário fiscal. Segundo Maia, a medida que está sendo chamada nos bastidores como “Orçamento de Guerra” vai garantir mais tranquilidade para a área técnica discutir o gasto público.
De acordo com o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, com isso o Congresso dá ao governo o direito de gastar inclusive o que não tem para garantir a crise. “Eu acho que é uma atitude acertada, porque o governo precisa ter o direito de gastar o que for preciso para conter essa epidemia e segurar o mercado. A quarentena provoca um choque de oferta e demanda, o que paralisa tudo, impondo perigos econômicos”, disse
Segundo ele, o Congresso está alinhado com Jair Bolsonaro justamente porque se falou em se pegar o fundo eleitoral, o que geraria desagrado nos parlamentares. Outro fator citado foi o corte nos salários de deputados e senadores. “Por outro lado, o Congresso está dizendo que fez a parte dele e depois o presidente não poderá reclamar, caso algo dê errado”.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais