Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO ONLINE COMO ADMINISTRAR HOTÉIS.

O setor hoteleiro está cada vez mais competitivo e, pensando nisso, a UOV – Universidade Online de Viçosa, desenvolveu o Curso Como Administrar Hotéis.

Nele você aprenderá sobre as finalidades dos estabelecimentos de hospedagem, o papel do gerente geral, a importância de se planejar o negócio, a fazer um diagnóstico da situação de seu negócio, selecionar estratégias e meios para alcançar os objetivos e as etapas do controle, saber sobre as diversas funções do departamento de recursos humanos.

O curso mostrará também as etapas da hospedagem, a governança, as características do setor de alimentos e bebidas, os eventos que poderão ser realizados em um hotel, as funções da controladoria, o sistema de compras, a gestão de estoques e ainda, as funções do setor de manutenção.

FICHA TÉCNICA:

  • Curso: Curso Online Como Administrar Hotéis
  • Modalidade: Ensino a Distância
  • Coordenação: Lairson Lopes Sena
  • Carga Horária: 60 horas
  • Série: Hotelaria – 45601
  • Realização: UOV – Universidade Online de Viçosa

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Colheita mecanizada de milho. Foto: Flávia Fiorini

Os conhecimentos gerados pela pesquisa agropecuária, a capacidade empreendedora dos agricultores e a rede de assistência técnica têm levado a significativas mudanças na agricultura brasileira. Para os consumidores, pode se destacar como maiores mudanças nesse cenário: maior oferta de alimentos, fibra e energia; maior regularidade da oferta e melhoria da qualidade dos produtos oriundos da agricultura.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Estudos realizados demonstraram que a bebida de castanha é um bom veículo para disponibilizar os probióticos para os consumidores que não podem ou optaram por não consumir produtos lácteos. Foto: Ana Elisa Sidrim

.
• Bebida se insere no mercado crescente de alimentos probióticos não lácteos, ideais para vegetarianos e alérgicos ou intolerantes a laticínios.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais