Fonte: EFE




Madri, 15 mai (EFE).- O número de mortes por Covid-19 na Espanha teve uma queda significativa nas últimas 24 horas, com 138 novos óbitos – 79 a menos do que ontem -, chegando a 27.459 vítimas, enquanto as infecções agora ultrapassam 230 mil, segundo dados oficiais divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério da Saúde local.
Os novos casos do novo coronavírus, confirmados em testes por PCR entre ontem e hoje, aumentaram em 549 e atingiram 230.183, enquanto os pacientes que superaram a doença subiram para 1.409 e já atingiram um total de 144.783 pessoas desde o início da pandemia.
“As coisas estão indo como o esperado”, disse hoje o porta-voz do Ministério da Saúde para a pandemia, o epidemiologista Fernando Simón, durante sua entrevista coletiva diária.
Segundo o médico, “agora a transmissão é realmente pequena”, e ele insistiu que “não há indicação” de que a evolução da pandemia tenha mudado “substancialmente”, embora cada vez que os casos sejam “melhor detectados”.
Quatro regiões são responsáveis pela maioria dos novos pontos positivos: Catalunha, com 151; Castela e Leão, com 99; Madri, com 49 anos, e Castela-Mancha, com 43.
Em relação ao número de vítimas, a Catalunha registrou mais 59 nas últimas 24 horas e Madri 30, com as quais essas duas regiões acumulam quase dois terços do total em toda a Espanha.
Com esses dados, o Ministério da Saúde decidirá nas próximas horas quais as regiões que estão avançando na redução de medidas para interromper a pandemia, entre aquelas que não conseguiram chegar a essa fase na semana passada, incluindo Madri e Catalunha.
Mas enquanto Madri mais uma vez solicita o relaxamento das medidas em toda a comunidade, o governo autônomo da Catalunha deixa Barcelona e sua região metropolitana fora dessas medidas, embora proponha diminuir um pouco as restrições de confinamento.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais