Fonte: Estadão




A humanidade aguarda ansiosa a descoberta de uma cura ou de uma vacina para o novo coronavírus, doença que já matou quase 400 mil pessoas pelo mundo. No entanto, os efeitos da Covid-19 são muito mais devastadores, pois além da saúde, interfere no dia a dia das pessoas e na economia dos países. A empresa americana Moderna anunciou que os primeiros testes com um imunizador apresentaram resultados positivos ao estimular a criação de anticorpos contra o coronavírus dentro do organismo humano. Afinal, essa vacina é uma esperança? Quais os processos pelas quais ela terá que passar para confirmar sua efetividade contra o coronavírus?Na edição de hoje, a correspondente do Estadão nos Estados Unidos, Beatriz Bulla traz as informações sobre essa vacina. Além disso, conversamos com a diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações e mestre em Tecnologia de Imunobiológicos pela Fiocruz, Mayra Moura, sobre os próximos passos dessa e de outras vacinas. No quadro “Fique em Casa”, Renata Cafardo entrevista a jornalista Vera Magalhães sobre como está encarando o período de quarentena e autoisolamento.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais