Fonte: USP




A equipe do Centro de Pesquisa em Alimentos (FoRC) da USP esclarece o papel dos alimentos na transmissão do patógeno causador da COVID-19. O CEPID apoiado pela FAPESP ressalta que o vírus não é um ser vivo e, portanto, não é capaz de se multiplicar nos alimentos como as bactérias. Mas o alimento pode se tornar um veículo para o vírus caso manipulado por alguém infectado.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais