Fonte: Origens NT




Talvez a pouca exposição ou a rala compreensão que temos acerca de outras grandes áreas do saber inibam e até evitem que outros campos sejam expandidos por pessoas que descobrem sua verdadeira paixão e vocação na senda do conhecimento. Este talvez seja o caso da matemática, cujo gosto e beleza são descobertos muitas vezes tarde na vida, como aconteceu com Albert Einstein, que se arrependeu por não ter desenvolvido mais cedo o apreço pela matemática. Quem sabe um dia, se a matemática for entendida como um elo entre a ciência, a arte, a filosofia, o transcendente, o mistério e a alegria, crianças possam dizer e adultos compreender com naturalidade o desejo de alguém ser matemático. Mas quem são, a que se dedicam e o que descobrem os matemáticos?

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais