Fonte: Canal Rural




Neste 15 de julho de 2020 foi comemorado mais um Dia do Pecuarista. Esses produtores se dedicam à alimentação, sanidade, reprodução e bem-estar animal, sendo responsáveis por fortalecer e movimentar a economia do país. O Canal Rural celebra esta data olhando para o futuro do setor.

Estudo produzido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) aponta diversas tendências para a pecuária brasileira nos próximos 20 anos. Entre eles, o pesquisador Guilherme Malafaia, que coordena o Centro de Inteligência da Carne Bovina (Cicarne), responsável pelo estudo, destaca dois: biotecnologia e digitalização.

Segundo ele, esses dois fatores devem levar à evolução de toda a cadeia produtiva, desde os insumos necessários à atividade até a carne que chega na mesa do consumidor final. “São fatores disruptivos, que vão mudar o patamar da pecuária. O produtor tem que estar preparado para dar respostas à demanda cada vez mais exigente com questões ambientais e bem-estar animal”, diz.

Quem não se adaptar às mudanças ficará para trás, destaca Malafaia. Além do movimento natural de êxodo rural, a pecuária também sofre com a maior atratividade da agricultura. “Esses dois movimentos farão com que tenhamos menos produtores, mas produtores mais tecnificados”, finaliza.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais