Hits: 30

Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO PROFISSIONALIZANTE ONLINE DE QUEIJEIRO DE CABRA.

A Universidade Online de Viçosa – UOV oferece o Curso Profissionalizante Online de Queijeiro de Cabra, que é um aporte técnico completo com o qual você se tornará apto a abrir seu próprio negócio. O material aborda as normas para produção e fornecimento de leite de cabra para a indústria, edificações, instalações e equipamentos necessários, higienização, custos e comercialização, o passo a passo da fabricação de vários produtos além de temas importantes na área de meio ambiente, recuperação e conservação de nascentes, segurança no trabalho rural, qualidade na prestação de serviços e muito mais.

FICHA TÉCNICA:

  • Curso: Curso Profissionalizante Online de Queijeiro de Cabra
  • Modalidade: Ensino a Distância
  • Coordenação: Paulo Roberto Celles Cordeiro
  • Carga Horária: 160 horas
  • Série: Profissionalizante – 440056
  • Realização: UOV – Universidade Online de Viçosa

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hits: 44

Fonte: Embrapa

Mais de 20 centros de pesquisa da Embrapa vão apresentar tecnologias. Foto: Divulgação

Entre os dias 22 e 24 de setembro de 2020, durante o evento Conecta Sebrae Agrolab Amazônia, a Embrapa vai apresentar mais de 70 soluções tecnológicas a empreendedores e produtores rurais da Amazônia Legal.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hits: 53

Fonte: Embrapa

Área de recarga do Aquífero Guarani. Foto: Arquivo Embrapa

Uma análise recente dos pesquisadores Marco Gomes e Lauro Pereira da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna/SP), publicada na Revista Científica Núcleo do Conhecimento (publicação on-line),levanta alguns problemas e destaca cenários no mundo com foco na quantidade e qualidade da água subterrânea, buscando despertar uma reflexão sobre a iminência de uma grave crise hídrica mundial, influenciada pelo crescimento populacional e pelas mudanças climáticas, principalmente.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hits: 41

Fonte: Embrapa

Foto: Maria Eugênia Ribeiro

Márcia Ribeiro • Pesquisadora da Embrapa Semiárido

Existem mais de 20 mil espécies de abelhas no mundo e, entre elas, apenas dois grupos são sociais e produzem mel: são as abelhas nativas sem ferrão e as abelhas melíferas ou africanizadas, ou abelhas “europa”, como também são conhecidas.

As abelhas africanizadas produzem a maior parte do mel que consumimos e, além disso, usamos vários de seus produtos: a cera, o pólen, a geleia real, a própolis, o veneno (apitoxina).  E mais importante do que isto é o papel que fazem como polinizadoras de diversas culturas: melão, melancia, manga, goiaba, e tantas outras.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hits: 39

Fonte: Faemg

Sistema FAEMG busca parceria com o INATEL para proporcionar internet segura e de qualidade no interior

A falta de uma boa conexão de internet prejudica o homem do campo, que faz o que pode para lidar com a restrição. Em Lambari, por exemplo, o produtor rural Vicente Paulo da Silva e os filhos Marcos Vicente de Natanael da Silva e Dulcídio Paulo da Silva tiveram que ir até o ponto mais alto da lavoura, de carro, único lugar onde havia sinal de internet, para participar do encontro de encerramento do Programa Sucessão no Campo.

O problema que eles e milhares de produtores enfrentam pode estar próximo do fim.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Hits: 33

Fonte: jornal.usp.br

Paulo Saldiva comenta estudo realizado nos EUA, que apontou que as mudanças climáticas estão relacionadas ao aumento de internações hospitalares de pacientes com doenças crônicas

Uma pesquisa da National Library of Medicine (NIH), dos Estados Unidos, aponta que as mudanças climáticas estão relacionadas ao aumento de internações hospitalares de pacientes com doenças crônicas.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais