Fonte: Embrapa

Prêmio integrou a programação de lançamento do Manifesto Brasil 5.0. Foto: Graziella Galinari
O programa de aceleração de startups TechStart Agro Digital, promovido pela Embrapa Informática Agropecuária e Venture Hub, foi selecionado como um dos destaques nacionais 2020 na área da Transformação Digital Global.




O troféu de reconhecimento foi entregue no dia 28 de setembro, durante evento on-line promovido pelo Instituto MicroPower. O prêmio integrou a programação de lançamento do Manifesto Brasil 5.0, iniciativa que visa promover as bases para o desenvolvimento de projetos para transformação digital no País.

Ao todo, foram escolhidas nove iniciativas de sucesso e melhores práticas. O TechStart Agro Digital foi selecionado na categoria Transformação Digital de Processos – Desemprenho. O chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Informática Agropecuária, Carlos Meira, apresentou o programa, destacando os resultados alcançados na sua primeira edição e o novo ciclo de aceleração, que tem início agora em outubro com novas startups participantes e o apoio institucional da Bayer e da Airbus Defence and Space.

Para a chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, Silvia Massruhá, é uma honra testemunhar o reconhecimento do TechStart Agro Digital como iniciativa de sucesso. “Por isso parabenizo toda a equipe da Embrapa e da Venture Hub envolvida no programa”, afirmou durante o evento, que contou também com a participação da diretora-executiva de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Adriana Regina Martin.

O TechStart Agro Digital foi lançado em 2019 com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento e a escalada de novas soluções digitais para o agronegócio, oferecendo suporte tecnológico e de negócios por meio de mentorias e oportunidades de conexão com instituições de pesquisa, corporações e investidores. A primeira edição atraiu o interesse de 95 startups de 20 estados brasileiros. Entre as selecionadas, foram graduadas 11 empresas, em fevereiro deste ano, que apresentaram soluções nas áreas de bioinformática, aplicação de defensivos, operações de crédito, agricultura de precisão, manejo de pastagens, irrigação inteligente, gestão da propriedade, uso de drones e cana-de-açúcar. Ao menos cinco das startups receberam propostas de investimento durante o processo de aceleração.

Carlos Meira ressaltou o alinhamento do programa com os fundamentos do Manifesto Brasil 5.0, em especial a implantação de ambiente para estimular o autodesenvolvimento e o apoio às startups no aumento da eficiência em seus processos tecnológicos e de negócios para que possam levar novas tecnologias ao mercado, agregando valor à produção e gerando benefícios ao agricultor.

O movimento Ideas for Milk, organizado pela Embrapa Gado de Leite, também foi premiado pelo Manifesto Brasil 5.0, na categoria E-Digital – Economia Digital, no dia 30 de setembro. A iniciativa, voltada para estimular o desenvolvimento de ferramentas inovadoras para o setor lácteo, está na sua quinta edição e conta com quatro eventos: o Premio de Inovação, a Caravana 4.0, o Vacathon e o Desafio de Startups. O prêmio Brasil 5.0 foi recebido pelo chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins.

Entre os demais premiados como melhores práticas em transformação digital, nas diferentes categorias, estão a iniciativa na área de capacitação para gestores da Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica; o EAD SENAR Goiás: Programa Produção Vegetal, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Goiás (SENAR); o banco digital Next, do Bradesco; o projeto Home Environment Robot Assistant – HERA, do Centro Universitário FEI; o Barueri Cidade Inteligente, da Prefeitura Municipal de Barueri; o projeto Mapeamento de Competências Comportamentais, da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S/A; e a iniciativa Escola da Cidadania, do Observatório Social do Brasil.

Manifesto Brasil 5.0

Lançado no último dia 22, a construção do Manifesto 5.0 envolveu 60 profissionais, de 37 organizações diferentes, e buscou apresentar os fundamentos para cinco pilares da transformação digital global: Pessoas 5.0, Sociedade 5.0, Negócios 5.0, Governo 5.0 e Economia 5.0. A Embrapa faz parte do conselho superior da iniciativa, com a diretora-executiva Adriana Regina Martin, e também do conselho consultivo, nele representada pela chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, Silvia Massruhá. O Manifesto está alinhado às 100 ações estratégicas da Estratégia Brasileira para Transformação Digital (E-Digital), política instituída por meio dos decretos 9.139/2018 e 9.804/2019.

O documento completo, com quatro e-books, está disponível em https://institutomicropower.com/manifesto-brasil-5-0/

FONTE
Embrapa Informática Agropecuária
Graziella Galinari – Jornalista

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais